domingo, 12 de junho de 2011

De coração aberto...



De coração aberto...


Eu sigo

Sentindo o vento
E empinando pipas
Nas páginas do meu livro
Sigo, andando por caminhos verdes
Pés descalços, coração na boca
Eu sigo, passos firmes

Clorofilando os sonhos
Com o sumo verde da esperança


Elcio Tuiribepi

21 comentários:

  1. Olá Elcio! Saudades de você! Fui te ver no Verseiro mas não consegui comentar. Linda composição por lá também! Estou atarsada com as visitas mas aos poucos vou colocando em dia.

    Por aqui sinto o vento tocar as palavras trazendo o suave perfume dos sonhos possíveis.

    Um abraço super carinhoso e que você tenha uma semana de muitas bençãos!

    Paz e luz!

    ResponderExcluir
  2. Elcio, também estou na caminhada! Até onde não sei, mas só sei que o destino é certo.
    O caminho mais suave, pisando descalço no veludo da terra e empinando pipas? Ah, menino! Escolheu o melhor caminho!
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  3. Como não estou conseguindo postar por lá, venho por aqui. Tudo bem??

    Venho com muito crinho lhe oferecer o selinho..
    BLOG INTERAÇÃO DE AMIGOS
    http://sandrarandrade7.blogspot.com
    oferece o selinho bem especial para vc. passe lá.
    Vou te esperar.
    UM CARINHO PARA TODOS OS MEUS VISITANTES E SEGUIDORES. O AMOR UNI PESSOAS.
    A INTERAÇÃO DE AMIGOS OFEREÇE PARA VOCÊ QUE SEMPRE ESTÁ AQUI. OBRIGADA PELA SUA COMPANHIA.
    SANDRA
    P.S- SUA VISITA É MUITO ESPECIAL..

    ResponderExcluir
  4. Clorofilar os sonhos...
    Essa é uma maneira bonita de purifica-los.
    Paz e muita luz em todos os seus caminhos.
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  5. Adorei seu blog muito interessante estou ti seguindo Erica

    ResponderExcluir
  6. Um gosto ter conhecido este seu blogue.
    Tenho um blogue http://sinfoniaesol.
    wordpress.com em que insiro poesia que me é
    cedida, uma vez que não sou poetisa.
    Gostaria de saber se me cede esta sua, basta
    me deixar uma mensagem. Obviamente que
    se inserisse era com os devidos créditos.
    Tenha um Feliz Natal.
    Saudações
    Irene

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada amigo por me ter cedido esta
    sua poesia. Coloquei-a no meu blogue
    http://intemporal-pippas.blogspot.com
    Eternamente grata.
    Um grande beijinho
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  8. Olá, Élcio
    Quando coração vai à boca... precisa de descanso... reflexão!!!
    Abraços fraterno festivo de paz

    ResponderExcluir
  9. Hermoso poema y no menos hermoso blog. Un placer disfrutar de tan bellas palabras hiladas
    como el mas bello tejido. Me gusta tu blog y me quedo como amigo si te parece bien.
    Saludos.

    ResponderExcluir
  10. SEMEANDO POESIA TODOS OS DIAS!
    UM ABRAÇO AMIGÃO!

    ResponderExcluir
  11. Elcio
    Eu adorava ensinar os alunos a fazer pipa e depois soltavamos . era um lugar delicioso pois nao tinha perigo por ser a escola na roça
    um grande abráco de monica
    Nós tambem fomos comemorar a pascoa coma familia de minha cunhada renatinha
    Estava muito gostoso
    com carinho

    ResponderExcluir
  12. Elcio
    Eu adorava ensinar os alunos a fazer pipa e depois soltavamos . era um lugar delicioso pois nao tinha perigo por ser a escola na roça
    um grande abráco de monica
    Nós tambem fomos comemorar a pascoa coma familia de minha cunhada renatinha
    Estava muito gostoso
    com carinho

    ResponderExcluir
  13. Amei seus poemas, vim te visitar e vou ficar.

    Abraços e até mais.
    Giovanna

    ResponderExcluir
  14. Amei seus poemas, vim te visitar e vou ficar.

    Abraços e até mais.
    Giovanna

    ResponderExcluir
  15. Sempre com o sumo verde da esperança. Que assim seja sempre. Beijos com carinho

    Abriste o teu coração
    E ficas com a certeza
    Que ter a poesia na mão
    É a tua maior riqueza.

    ResponderExcluir
  16. Elcio
    e tudo o que precisava ouvir seguir com passos firmes nesta vida maravilhosa.
    com amizade Monica
    Que belo verde!

    ResponderExcluir
  17. Eu aceito um copo cheio desse sumo verde de esperança.

    Pra virar o copo de uma vez!

    : )

    Um grande abraço, Elcio.
    Obrigada por sua poesia!

    ResponderExcluir
  18. Caro amigo

    Que neste Natal,
    diante das pessoas que amamos,
    possamos ofertar a elas,
    o melhor presente
    que desejassem receber:
    Nossa vida...
    Nosso carinho...
    Nosso coração.

    Para quem crê na vida,
    Natal se faz a cada dia.
    Que assim seja o Natal
    Em tua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  19. Vim lhe desejar um feliz ano novo, sumido!!

    ResponderExcluir
  20. Olá, Élcio
    Como está vc???
    tenho sentido a falta do seu blog Verseiro...
    Bjs fraternos de paz e orantes

    ResponderExcluir
  21. Eu sigo...
    sem vontade de chegar a lugar nenhum,
    apenas com a esperança de sair deste lugar...

    ResponderExcluir

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Sou um pouco de tudo, sou um raso tão fundo, sou imenso e intenso, sou vazio, sou denso, sou do mundo poema, sou de versos reversos, sou espaço de sobra, sou a sobra da festa, sou a luz que ainda resta, sou um pouco de vento, sou mormaço e relento, sou a chuva e a brisa, sou a sombra precisa...